Postagens mais visitadas

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Enquanto a sétima não vem

Cersei Lannister








         Parece sacanagem, mas  vamos falar de Cersei Lannister. Não, eu não sou team Lannister, mas eu acho que o meu potinho é. Se na próxima for o Tyrion, eu vou trocar o potinho. 
        

          A Cersei já começa a série com cenas super impactantes que já deixa o público com uma impressão que ela é mais ardilosa e inteligente do que realmente é. Protetora e geniosa quando se trata de seus filhos, essas são as características que cresceram muito desde o começo da série.
A morte da Mão-do-rei fez com que Robert fosse com uma comitiva para Winterfell para dar ao seu amigo, o Lorde Eddard Stark o título de mão-do-rei. Aí já dá para notar a tensão entre Stark e Lannister no geral. Fora que a relação entre Robert e Cersei não é das melhores, e os dois não fazem questão de esconder isso.Mas as coisas começam a desandar quando Bran descobre Cersei e Jaime e ele é arremessado da torre pelo gêmeo da rainha. Depois disso mais desconfianças sobre o segredo de Cersei e dos Lannister surgiram por parte dos Stark, e daí começou as intrigas na corte. 



                     






            No meio desse fogo cruzado era óbvio que muita gente ia se dar mal, como foi o caso da Lady, que morreu sem ter feito nada a ninguém, assim como Nyméria que fugiu e ficou afastada de Arya, principalmente por conta de Cersei e de Joffrey. O antigo escudeiro do Robert Arryn também é morto, "por acaso" no torneio, sem contar com as diversas confusões causadas ao longo disso tudo.
Conversas entre Eddard e Cersei, e os dois num braço de guerra parta tentar trazer o Robert para sua causa, até que Tyrion foi sequestrado por Catelyn e as coisas realmente começaram a esquentar. Jaime e Eddard duelando na cidade e todos os soldados de Eddard são mortos, o acidente causado por Cersei e Lancel para causar a morte do rei, antes que ele saiba que Joffrey não é filho dele e saiba da relação incestuosa da rainha.Muitas coisas acontecendo, mas alguém teria que perder a cabeça, e esse foi Eddard, por sua inocência. Com Eddard morto, Cersei imaginou que seus problemas estavam resolvidos, mas aquilo ajudou ainda mais no inicio da guerra que se seguiu, além de ter que controlar o genioso novo rei, Joffrey I.

                   Furioso com as últimas ações da filha, Tywin envia Tyrion seu representante como Mão-do-rei e aí começam as dores de cabeça de Cersei e do Tyrion, já que os dois tentam acabar um com outro de várias maneiras. É uma das melhores temporadas de Porto Real, sem dúvidas, e é bem interessante de ver essa relação de ódio entre os irmãos.A tarefa de Cersei, assim como a de Tyrion, é de controlar o gênio do rei, o que não é fácil. E logo na primeira cena dos dois já percebemos que a relação entre mãe e filho está bem abalada. Basicamente esse é um período que vemos bastante da relação de Tyrion e Cersei. Bem diferentes, mesmo se odiando, eles tentam algumas vezes colocar a família no lugar de suas opiniões pessoais, claro que nem sempre isso dá certo, e também é um prato cheio de diálogos entre os dois, os ressentimentos que um tem com o outro. E coroando, a batalha da água negra, aonde Cersei e várias mulheres da corte ficaram numa espécie de Bunker, e mesmo sabendo que correria o risco de ser estuprada, ela se mantinha calma. Outro dos melhores momentos de Cersei na série.



           A  chegada de Tywin em Porto Real acabou um pouco com a brincadeira de Cersei e Tyrion. Porém logo que chega o pai Lannister sai e deixa o parque de diversões aberto novamente para os filhos brigões.  Joffrey e Cersei ficam cada vez mais afastados devido aos delírios de grandeza do menino, e Cersei também novas companheiras de briga. É muito bom ver as brigas de Cersei e Olenna e Margaery Tyrell, fica bem engraçado essa temporada pois muitas vezes é como se Tyrion e Cersei fossem duas crianças brigonas e Tywin tem que gerenciar isso.
Aí acontece toda aquela confusão em Porto Real, Joffrey morre, Tommen assume e Cersei começa a beber muito e a querer brigar com Margaery, além de ter trazido de volta a fé militante, que não agia desde o governo de Jaehaerys I, uns duzentos anos atrás.  E isso foi o começo para a caminhada da penitência. O Alto Pardal e Margaery souberam direitinho fazer Cersei cair na própria armadilha. 
Daí era só Cersei confessar os pecados. Matar o marido, adultério, incesto... Mas é óbvio que ela nunca falaria nada. 
              Para Cersei aquela caminhada foi cara, ela foi humilhada, foi uma cena forte, aquele cabelo loiro totalmente cortado, destruído. Uma Cersei que de longe parecia a rainha pomposa de episódios anteriores, de temporadas anteriores. E a vingança... Olha, todo mundo que tinha sacado a história do fogo vivo esperava que ela fosse fazer algo do gênero, mas da forma que foi... Um dos melhores momentos de Cersei, e ainda toma uma taça de vinho vendo tudo se explodir.
No final, o filho se matou e ela assumiu o trono. E o que vem pela frente pra Cersei é só pedreira.







  • Como as pessoas vão reagir com a Cersei no poder?


É só mais um governante para eles. Não tem como ninguém saber que foi a Cersei que causou aquela explosão. As pessoas que desconfiavam disso estão mortas, e duvido que o Qyburn resolva abrir a boca agora. No máximo vai gerar um estranhamento por ela ser uma mulher, mas sobre a explosão, a Olenna deve ter a certeza que foi a Cersei mas as pessoas, a população mais pobre não.




  • Como a Cersei pode vencer a Daenerys?


Tarefa complicada. Dany nunca esteve tão sólida e forte. Mas uma coisa Cersei tem de sobra: loucura para arriscar. Ela está disposta a tudo, e isso é bom para ela. Se Dany hesitar em algum momento, pode ter certeza que a Cersei vai se aproveitar e é aí que a Lannister tem vantagem. 




  • Jaime contra Cersei?





Já perdi minhas esperanças com esse plot. Os dois vão ficar unidos mesmo. Jaime deve estar mais próximo da irmã do que nas temporadas anteriores, os dois perderam todos os filhos, o pai e agora só tem um ao outro. Ele vai ser o braço direito dela.


  • Casamento com Euron?

Não duvido disso, mas a princípio serão só aliados. Por mais que a Cersei ainda possa gerar filhos, Euron deve procurar uma esposa mais jovem para conseguir ter herdeiros. Aliás nem imagino o Euron procurando ter herdeiros.


  • Winter has come

Não sei se a série vai explorar isso, mas tantas temporadas com Winter is coming....Winter is coming... E ele finalmente chegou. Acho que dedicar um tempo a mostrar as dificuldades das pessoas durante o inverno, nem que seja em poucas cenas seria adequado, afinal esse vai ser um dos problemas que a Cersei vai ter que lidar: Inverno, dinheiro e a fome.


  • Dívida com o Banco de Braavos.

Aí vai ser uma coisa interessante de ser ver. O Banco vai financiar um dos inimigos de Cersei, mas quem sabe ela também não tente renegociar as dívidas. O Euron não tem dívidas no banco, talvez ele peça o empréstimo, ou algo assim. De qualquer forma, vai ser um problema que a Cersei vai ter que lidar na próxima temporada.


  • Afinal ela morre ou não?


Tantos já bateram as botas... Mas não acho que a Cersei morra agora. Por hora, acho que precisamos de um pouco mais de tempo para ver a situação. Eu tô falando que não, por enquanto, possa ser que se os White der as caras ela ganhe um tempo a mais de vida. Ou nem precise morrer, afinal quantas vezes um rei perdeu uma guerra e sobreviveu?



Nenhum comentário:

Postar um comentário